Cerca de 80% dos cães apresentarão sinais de doença periodontal, incluindo gengivas vermelhas e inchadas, mau hálito, dor e perda de dentes. E as raças de cães de pequeno e médio porte são especialmente suscetíveis à problemas com o sorriso.

Seu cão vai precisar desse sorriso por um longo tempo

Se não for tratada, a doença periodontal progride para a acumulação de placas, recessão gengival, dentes soltos, mau hálito, inflamação e sangramento das gengivas. Eventualmente, pode chegar a perda de dentes, infecções bucais e mesmo má saúde geral.

Mau hálito é geralmente o primeiro sinal de que seu cão tem problemas de saúde bucal, mas você precisa um pouco mais do que apenas hálito fresco para mantê-lo saudável. Uma rotina fácil de cuidado da saúde oral (é a chave do sucesso) é extremamente importante para a saúde a longo prazo do seu cão e igualmente reduz a probabilidade da doença periodontal. Do desconforto ao seu cão às visitas dispendiosas ao veterinário para uma limpeza dos dentes, que usualmente necessitam de anestesia geral.

Em suma, é hora de se comprometer com um plano de ação! Abaixo, uma rotina, desenvolvida por especialistas em saúde oral, que funciona.

Cão mostrando o sorriso

Os quatro passos para garantir que seu cão tem uma boca saudável e um sorriso lindo

O bom cuidado oral para os cães não é tão diferente do que é para as pessoas. Nós escovamos, enxaguamos, e (esperançosamente) passamos o fio dental; A mesma abordagem multifacetada funciona para cães.

1. Mecânica

O modo mais eficaz para limpar os dentes é a ação mecânica do contato direto. Escovar dentes usando creme dental formulado para cães é a melhor defesa. Petiscos e brinquedos desenvolvidos especialmente para o cuidado dental podem também fornecer a abrasão mecânica para limpar os dentes do cão.

2. Enxaguamento

Os enxaguamentos complementam a ação mecânica da limpeza dos dentes, assegurando que toda a boca – dentes, língua, gengivas e palato – receba atenção. Naturalmente, os cães não podem enxaguar e cuspir, então usar um aditivo de fácil aplicação na água para beber é a escolha ideal. Podem também ser utilizados géis e espumas. A chave é escolher um enxágue criado para animais de estimação que tem a formulação certa para prevenir e dispersar o biofilme, que é onde bactérias nocivas associadas com a doença periodontal podem se multiplicar.

3. Dieta

Produtos alimentares específicos para cães também estão disponíveis, geralmente em forma de palitos grandes. Estes alimentos ajudam a limpar os dentes através da mastigação.

4. Crie uma rotina

Assim como cuidar de nossos próprios dentes é uma função diária, o mesmo vale para os cães. É importante selecionar uma rotina que você, como tutor de um animal de estimação, pode convenientemente realizar todos os dias. É por isso que o uso diário de um enxágue bucal para cães, como um aditivo da água pode ser uma ótima ideia.

Adaptado de http://moderndogmagazine.com/articles/how-keep-your-dogs-smile-pearly-white/91746